4 boas razões para comer melancia

Melancia

Colorida, redonda e refrescante, a melancia é o fruto de verão por excelência. Ainda bem, porque possui grandes vantagens nutricionais e dietéticas. Para degustar sem moderação, ao natural, cozinhada, em sumo ou em batido.

1 - A melancia é rica em água

A melancia é constituída por 95% de água! O fruto ideal para evitar a desidratação. Nutrir o corpo com água é essencial para o bom funcionamento da circulação, da digestão, da regulação da temperatura, da hidratação da pele, da actividade cerebral e da reparação celular.

2 - A melancia é pobre em calorias

A melancia é um grande aliado dos planos alimentares de emagrecimento. Muito pobre em açúcar (7 g/100), é perfeita para finalizar uma refeição com um toque de saúde e equilíbrio. Contém apenas 30 kcal por 100 gramas. Mas atenção, a melancia tem um índice glicémico bastante alto (75). É preferível não abusar, nem comer melancia sem ser acompanhada por alimentos ricos em fibra, para evitar picos de glicémia e consequentes apetites de petiscar.

3 - A melancia é rica em minerais

A melancia é uma das fontes naturais de sódio e potássio, minerais que perdemos quando transpiramos. É o fruto ideal para consumir nos meses quentes de verão, pois é regenerador. O potássio ajuda também a controlar a pressão arterial.

4 - A melancia é rica em antioxidantes

A melancia é uma excelente fonte de licopeno, um antioxidante que protege contra diversas doenças. Estudos mostram que o seu consumo diminui o risco de cancro da próstata e que reduz a pressão arterial.

Rica em vitamina A, a melancia protege também os olhos. As pevides da melancia também são comestíveis e fornecem vitamina C, excelente para o sistema imunitário. Ajuda também a prevenir as lesões celulares, cicatrizar as feridas e favorecer dentes e gengivas sãos. 2 porções de melancia fornecem 25% das necessidades diárias de vitamina C.

 

« voltar