Os amendoins são saudáveis?

Amendoins

 

Têm má reputação sobretudo devido àquilo que frequentemente os acompanha (Gordura da fritura, açúcares, sal, outros aperitivos, bebidas alcoólicas…). Contudo, os amendoins naturais têm muitas características importantes do ponto de vista nutricional.

O amendoim faz parte das proteaginosas, como a soja, isto é, grãos ricos em proteína. Contém 26% de proteína vegetal. Encontramo-lo em diversos pratos asiáticos e africanos, associado a um cereal como o arroz, o que permite um aporte de todos os aminoácidos essenciais.

Ainda que também muito rico em lípidos (50%), trata-se de uma maioria de ácidos gordos mono-insaturados, os mesmos que existem no azeite. Contém mesmo um pouco de resveratrol, um antioxidante. Estes compostos formam um excelente aliado contra as doenças cardiovasculares.

É tão interessante quanto as oleaginosas?

Os frutos oleaginosos (amêndoas, nozes, avelãs, pistácios…) beneficiam de uma imagem bem melhor que o amendoim. Fazem mesmo parte das actuais recomendações oficiais pelas suas características nutricionais (desde que o consumo máximo seja de 30g por dia). Ora o amendoim, desde que consumido sem adição de gordura, açúcar ou sal, é também interessante do ponto de vista nutricional. Sobretudo pelo seu conteúdo proteico e porque é bem mais barato. No entanto, é importante alertar para o facto de ser um dos principais ALERGÉNEOS alimentares.

Como escolher o amendoim?

Para beneficiar das suas vantagens, deve escolher-se sem sal ou açúcar, cru ou levemente torrado para salientar o sabor. As altas temperaturas desnaturam as proteínas e oxidam os ácidos gordos mais frágeis. Quando ainda se encontra dentro da casca, está melhor conservado e preserva o seu sabor.

Que quantidade podemos consumir?

Como as outras oleaginosas, não devemos ultrapassar os 30g por dia. O puré de amendoim pode ser uma boa opção (e nunca a manteiga de amendoim pois contém sal, açúcar e outras gorduras…) e é perfeito para aliviar aquele “buraquinho no estômago”, barrando levemente uma fatia de pão escuro, por exemplo. Alguns amendoins com uma peça de fruta também podem constituir uma boa opção para o lanche da tarde. Esmagados ou ralados sobre uma salada ou como complemento de um prato vegetariano, também serão boas opções.

« voltar